Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A quadratura do círculo

por Inês Teotónio Pereira, em 21.02.10

No i de Sábado

 

HÁ OS MAUS E OS BONS, os polícias e os ladrões, os cowboys e os índios, o cão e o gato, o preto e o branco, o quente e o frio, a carne e o peixe. É assim o mundo das crianças. Simples, prático e arrumadinho. Sem grandes emoções e muita, muita objectividade. Não há morno, nem cinzento, nem meia-idade: ou se é de idade ou não se é. Ponto final. Sem meias-medidas.
Mas esta lógica minimalista, maniqueísta, começa a dissipar-se com a idade. Até que um dia reparamos que o mundo não passa de uma enorme massa cinzenta, de uma sopa morna onde tudo é subjectivo. Onde os debates são de ideias, os conflitos são morais e as crises são emocionais. Nada em concreto, portanto.
No fundo tudo depende do ponto de vista. Tudo não passa, enfim, de um gigantesco "ponto de vista", de um "depende" inconclusivo, descomprometido, compreensivo, aberto, do tipo fixe meu.
Até que entramos no campo do futebol. E voltamos ao nosso estado infantil. Porquê? Porque sim. A bola não é redonda? Pois. Claro que foi golo, claro que o treinador é uma besta e claro que somos os melhores do mundo. É óbvio. Nem há discussão possível, só há lagartos, lampiões... e o Pinto da Costa. É irracional, eu sei, mas é absolutamente objectivo. No mundo da bola, nada depende do ponto de vista: em concreto, em absoluto e de facto, a minha equipa é melhor do que a tua. Aliás, é a melhor. Há os bons: nós. E os maus: os outros todos.
Tudo corre bem, até que temos um filho fanático pelo Sporting. E baixamos as armas. Coitadinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19


1 comentário

De Pitufo a 22.02.2010 às 18:03

Como Eu a compreendo! Fazer crescer leõezinhos, na conjuntura desportiva actual, é tão difícil...

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog