Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amigos

por Inês Teotónio Pereira, em 17.11.10

- Já fizeram as pazes?

- Já.

- Como é que foi?

- Eu disse-lhe olá.

- E ele?

- Disse olá.

- E depois...?

- Fomos brincar.

- Não falaram sobre a vossa zanga?

- Não havia nada para falar... Já não estamos zangados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


5 comentários

De Anónimo a 17.11.2010 às 14:04

A vida devia ser assim...
É muito mais bonita vista pelas crianças :)

De Inês F. a 17.11.2010 às 15:09

correcção: paZes (vem de paz!)
:)

De claudia a 17.11.2010 às 16:02

E seríamos todos muito mais felizes, menos angustiados. A vida é curta demais para prolongarmos coisas sem sentido. E complicamos, crescemos e complicamos. Um dia afinal já fomos muito mais sábios nos pontos práticos da vida.

De G.I.Jane a 20.11.2010 às 14:14

Pois, se as zangas dos crescidos fossem pelos mesmos motvos que as das crianças... Aposto que as que o são também passam depressa!

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog