Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vocações

por Inês Teotónio Pereira, em 11.01.12

- Não se arrancam flores nem se matam os peixes, não é mãe?

- É preciso pescar peixes, só assim podemos comer peixe ao jantar etc.

- Não! Podemos ir comprar ao supermercado, não é preciso matá-los!

- Mas eles estão no supermercado porque alguém os pescou... e matou.

- Ah... Eu cá não mato peixes, só os como.    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18


1 comentário

De Joana a 11.01.2012 às 17:34

No talho, há dias, o meu filho perguntou "porque é que está aqui tanta carne de animais mortos?" O talhante olhou para mim com um ar preocupado. "Para nós a comermos". Miúdo satisfeito com a resposta, talhante tranquilo. As cabeças dos miúdos são do melhor que há.

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog