Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Será que isto quer dizer alguma coisa?

por Inês Teotónio Pereira, em 17.05.09

Se Hans Christian Andersen fosse um escritor do ano 2000 - contemporâneo de António Torrado, por exemplo - a casinha da bruxa que raptou o João e a Maria tinha as paredes feitas de croquetes e o telhado seria certamente forrado com batatas-fritas. Porquê? Porque as crianças de hoje não gostam de doces; gostam de fritos. Qualquer rissol ou folhado de salsicha - de preferência sem folhado – é preferível a dez chupa-chupas ou vinte reginas.

Depois de anos a tirar doces das bocas das crianças, por causa da saúde dos dentes e da conta do dentista, os meninos subiram a parada e agora só se calam perante um rissolzinho de camarão ou um croquete de caça.
Este fenómeno pode constatar-se em qualquer festa de anos – é imperativo servir fritos ou a criançada faz greve de fome e cospe os salames e as mousses caretas. Como resultado da política “Abaixo as cáries,viva o colesterol!” sobram agora mais doces para os paizinhos, essa geração desdentada, e mais dinheiro, já que as contas dos médicos pagam os meninos, quando tiverem idade para perceberem o que quer dizer co-les-trol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog