Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um papel

por Inês Teotónio Pereira, em 17.09.09

- Lá na escola dizem preciso de um papel para se arranjar o Magalhães.

- Qual papel?

- Um papel.

- Mas qual papel?

- Um papel que eles entregaram.

- A quem?

- Não sei... à mãe?

- A mim?

- Não sei.

- Mas qual é o papel, o que é que diz?

- É um papel que tem um telefone.

- Um telefone?

- Acho que sim.

- De quem?

- Do senhor que arranja o magalhães...acho eu.

- ....

- Mas eu vou perguntar outra vez.

- Pois... Eu não tenho nenhum papel.

 

(to be continue)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:36


1 comentário

De Carla a 17.09.2009 às 17:42

Acho que no "fundo" do Magalhães há um número de telefone. É só vira-lo ao contrário!!! E a linha de apoio funciona muito bem!

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog