Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Natalidade

por Inês Teotónio Pereira, em 25.02.14

 

Os meninos de hoje têm de ter no mínimo uma actividade extra curricular, uma viagem por ano, computador, tablet, telemóvel, mota quando têm idade, carro mesmo que não tenham idade, roupa nova e de marca todas as estações do ano, semanada ou mesada. É isto que é suposto. Quem não pode dar tudo isto aos filhos tem remorsos por não poder dar e quem pode dar, dá. No fundo os nossos filhos são uma despesa sem fim, uma espécie de PPP. Para eles nada é demais. Não há limites constitucionais à despesa deles. É assim como a festa do Parque Escolar: diziam os promotores da festa que não há luxos na educação. Com os filhos é igual, não há luxos quando falamos de filhos. Enquanto a moda for esta é preciso muita criatividade para encontrar políticas de natalidade eficientes. O dinheiro nunca chega.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16


3 comentários

De Luís Casalta a 25.02.2014 às 22:40

Os meninos de hoje têm de ter tudo. Sim tudo, excepto irmãos.
E que fazem os «nossos» deputados por nós, para além de prosas bonitas como esta? Onde pára o coeficiente familiar em sede de IRS que o CDS nos prometeu?

De pvnam a 25.02.2014 às 23:35

A Luta pela Sobrevivência envolve:
-1- capacidade de renovação demográfica;
-2- capacidade de defesa perante aqueles que pretendem ocupar e dominar novos territórios.
.
Para se alcançar a renovação demográfica é necessário uma taxa de 2.1... actualmente a taxa ronda os 1.3...
.
Tendo em vista o aumento da taxa de natalidade, há que procurar reduzir os 'custos de renovação demográfica'... um exemplo:
- para que o seu preço diminuísse substancialmente... os manuais escolares (nota: do Ensino Escolar Obrigatório e das ESCOLAS PÚBLICAS) deveriam ser TODOS feitos na Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
.
.
.
Obs 1: Como é óbvio, quem assim o quisesse, poderia completar os manuais feitos na Imprensa Nacional-Casa da Moeda adquirindo manuais feitos por editoras privadas.
.
Obs 2: "Manuais Escolares Públicos" de baixo preço vai contra o interesse das editoras... todavia, no entanto, como é óbvio... a Luta pela Sobrevivência é mais importante que os interesses dos livreiros.

De altina ribeiro a 02.03.2014 às 20:32

Acho que a generalidade das pessoas apenas receia não poder pagar casa, infantarios, saúde e alimentação. já passamos o tempo dos luxos há muito!

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog