Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os especialistas em filhos

por Inês Teotónio Pereira, em 13.05.09

Tenho uma teoria sobre os livros especializados em educação infantil ou juvenil: são instrumentos de tortura que servem para destruir a auto-estima dos pais e os deixarem complexados ao ponto de poderem ser manipulados por quem quer que seja, incluindo os filhos.

Qualquer pai é um mau pai segundo os livros que pretendem ajudar os pais a serem bons. As regras que eles ditam são impossíveis de cumprir. Se damos muita atenção, estamos a mimar as crianças e não as ajudamos a desenvolver a “autonomia”; se damos pouca atenção para eles desenvolverem "a autonomia” e “a responsabilidade”, somos negligentes e egoístas.

Como nenhum pai dá nada na dose certa, somos todos incompetentes segundo a bitola estabelecida por esta pedagógica literatura. O modelo a seguir deve ser o dos pais do Ruca, que nunca levantam a voz para repreender a criancinha que não há maneira de mudar de voz.

Gostava de conhecer os filhos dos especialistas em filhos: será que são todos como o Ruca?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08


1 comentário

De mimi a 15.05.2009 às 16:59

Bom...e aqui haveria tanto a se dizer!
Qual a mãe ( sem ser a "D. Ruquina ") , que não sentiu já o peso da " COMPARAÇÂO "...Faz-me lembrar uma bem gira: " O meu P. já faz xixi sozinho, é um espectáculo, sente-se incomodado, pede logo que tem vontade, NUNCA molha o boxer ....andei a ler um livro que me ajudou imenso!!"

Resposta:

" Olha ainda bem, o meu não, ainda anda na fase das poças...e por falar em poças , pede lá aí ao teu P. para se levantar para tirar o tapete debaixo dele que está todo molhado, ele acabou de fazer !!! "

Et voilá ...Perfeitas?...nem as circunferências por vezes!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Seguir no Facebook


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

subscrever feeds