Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os especialistas em filhos

por Inês Teotónio Pereira, em 13.05.09

Tenho uma teoria sobre os livros especializados em educação infantil ou juvenil: são instrumentos de tortura que servem para destruir a auto-estima dos pais e os deixarem complexados ao ponto de poderem ser manipulados por quem quer que seja, incluindo os filhos.

Qualquer pai é um mau pai segundo os livros que pretendem ajudar os pais a serem bons. As regras que eles ditam são impossíveis de cumprir. Se damos muita atenção, estamos a mimar as crianças e não as ajudamos a desenvolver a “autonomia”; se damos pouca atenção para eles desenvolverem "a autonomia” e “a responsabilidade”, somos negligentes e egoístas.

Como nenhum pai dá nada na dose certa, somos todos incompetentes segundo a bitola estabelecida por esta pedagógica literatura. O modelo a seguir deve ser o dos pais do Ruca, que nunca levantam a voz para repreender a criancinha que não há maneira de mudar de voz.

Gostava de conhecer os filhos dos especialistas em filhos: será que são todos como o Ruca?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08


7 comentários

De Teresa M a 14.05.2009 às 17:23

Parabéns pelo Blog, que infelizmente só tomei conhecimento pelo "destaque do SAPO" :).

Achei engraçado o seu comentário mesmo porque ao ter sido mãe pela primeira vez qos 23 anos, cheguei a pensar que me suicidaria antes dos 24 anos pelo simples facto de ter tido um filho que era tão "atrasado", tão pequeno, tão magrinho (you name it ;)) em relação aos outros... em tudo! Até ao dia em que desabafando com a Pediatra, Dra. Maria Luísa Coelho, ela me deu uma máxima que persiste até hoje "Mamã, os bebés das outras mamãs e avós tocam piano e falam françês aos 3 meses. Mas não é isso que queremos para o Miguel pois não?!"
Viva as Mães Imperfeitas de Filhos Imperfeitos...
Teresa

Comentar post



A Um Metro do Chão o mundo está cheio de pernas e tem de se olhar para cima para ver o céu - o que faz toda a diferença. O preto é mesmo preto e o branco é branco. As coisas são todas assustadoramente concretas e ninguém aceita argumentos, só respostas. Não é um mundo melhor, pior ou mais verdadeiro; é apenas diferente, apesar de ser o mesmo. Este blogue é sobre isso. E sobre uma coisinha ou outra que pode não ter nada a ver.

Autora

Inês Teotónio Pereira
iteotoniopereira@gmail.com
ver perfil

Livros da mãe






Pesquisar

  Pesquisar no Blog